Requerimento para debater, em audiência pública, diagnóstico precoce e célere do câncer foi apresentado pela deputada Leandre Dal Ponte

A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara aprovou, nesta quarta-feira (13), um requerimento da deputada federal Leandre Dal Ponte (PV) para realização de uma audiência pública, que tem como meta o debate acerca de novas tecnologias para um diagnóstico precoce e mais rápido de câncer. O texto foi subscrito por outras três parlamentares: Raquel Muniz, Carmen Zanotto e Laura Carneiro.
 
Para participar do debate, foram convidados representes do Ministério da Saúde, do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação. Além da mestre em química pela Universidade de São Paulo (USP), Camila Rizzardi Peverari, e do pós-doutor, Ronaldo Censi Faria, e do doutor, Paulo Roberto Dantas Marangoni.
 
“Quando o paciente é diagnosticado com câncer, ele passa por uma série de exames, como ressonância, ultrassonografia, e biópsia por exemplo. Estes exames tem um custo altíssimo e são, na sua maioria, invasivos. Sem contar os obstáculos no SUS para a realização de todos esses exames em tempo hábil. Por isso, é necessário debatermos o uso de tecnologias e estimularmos pesquisas que tem como objetivo principal desenvolver métodos de baixo custo e com maior efetividade para reverter os quadros dos pacientes”, discorreu a deputada. 
Fonte: Assessoria de Comunicação
Link Encurtado:
https://goo.gl/vJu6Zp