Congressista Paranaense afirma que, como única mulher na liderança, vai lutar para que projetos em favor do aumento da presença no Legislativo entrem em pauta

Com a permanência da deputada Leandre Dal Ponte na liderança do Partido Verde (PV) na Câmara dos Deputados, ela passa a ser a única mulher na liderança de um partido ou bloco partidário na legislatura de 2018.
 
 
Leandre assumiu a liderança da Bancada Verde na Câmara Federal em abril do ano passado. De lá para cá, ela debateu com os parlamentares do partido e orientou o voto do PV em assuntos importantes, que fizeram parte da pauta do Congresso Nacional, e modificaram a vida da população. “Procurei orientar os votos sempre debatendo os assuntos com meus colegas do PV, em conformidade com os ideais verdejantes”, posicionou a deputada.
 
É, também, função do líder participar das reuniões diretamente com o presidente da Câmara dos Deputados para definir a pauta e os cronogramas de votação no Plenário da Casa. “Nas reuniões com o presidente, vamos continuar defendendo que projetos que sejam de interesse da população, que mudem a vida das pessoas, entrem em pauta”, acrescentou a deputada.
 
Mulheres no Poder Legislativo
 
Por ser a única mulher na liderança, Leandre também se comprometeu em defender e pressionar para que sejam levadas ao plenário, projetos em benefício da categoria. “Precisamos votar a PEC 134, por exemplo, que reserva um percentual mínimo de representação para homens e mulheres no Poder Legislativo”, ilustrou a deputada. Esta PEC, segundo a congressista paranaense, prevê que a presença feminina no Poder Legislativo, seja aumentada gradativamente: 10% das cadeiras na primeira legislatura, 12% na segunda, e 16% na terceira.
 
A ideia é que esta reserva de vaga seja válida para as três legislaturas subsequentes à promulgação da emenda. Atualmente, a presença das mulheres na política é um problema enfrentado pelo Brasil, que tem pouco mais de 10% de participação feminina no parlamento.
 
“Esta medida já foi aprovada no Senado Federal. Agora é a vez da Câmara dos Deputados apreciar o texto da PEC”, concluiu Leandre. 
Fonte: Assessoria de Imprensa
Link Encurtado:
https://goo.gl/S5DFWC