No ano passado, Leandre entregou à ministra reivindicações dos produtores de leite do Sudoeste já preocupados com a entrada do produto estrangeiro no Brasil

A deputada federal Leandre Dal Ponte está preocupada com a decisão do governo federal de encerrar a medida antidumping aplicada sobre a importação de leite da Europa e da Nova Zelândia. A taxa de importação protegia o mercado interno de leite brasileiro. Na sexta-feira (08), Leandre conversou com a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, sobre as medidas tomadas pelo governo para reverter a situação.
 
A ministra explicou que esta foi uma decisão tomada ainda na gestão do antigo ministro da Agricultura, Blairo Maggi. Mas que ela estava buscando reverter, pelo menos temporariamente, a decisão para a cadeia produtiva poder se estruturar.
 
Reivindicações do setor
 
Em dezembro do ano passado, antes mesmo de Tereza Cristina assumir o ministério, Leandre entregou uma pauta de reivindicações dos produtores de leite da região Sudoeste do Paraná. Na época, os produtores de leite já estavam preocupados com os custos elevados da produção e pediam o corte da importação de leite e derivados lácteos.
 
“O Paraná, em especial a região Sudoeste, tem na cadeia produtiva de leite um dos alicerces de sua economia. Então, uma medida como esta pode prejudicar a vida de milhares de pessoas. Não só do agricultor familiar, que trabalha diretamente com o leite, mas também das microeconomias locais, que poderiam ser atingidas com a falta do que até se convencionou chamar de cheque do leite”, comentou Leandre.
 
Reunião em Brasília
 
Tereza Cristina disse à deputada que nesta semana acontecerá uma reunião do setor com a presença de representantes dos ministérios da Agricultura e Economia, em Brasília. E, posteriormente, uma reunião para detalhar as ações do governo aos deputados federais. A deputada Leandre se comprometeu em participar da reunião.
 
Fonte: Assessoria de Imprensa
Link Encurtado:
http://bit.ly/2PAPoXW