Durante uma audiência pública na Câmara dos Deputados nesta quinta-feira (12), a deputada paranaense fez sugestões para melhorar a regionalização da saúde no País

Nesta quinta-feira (12), na Subcomissão Permanente de Saúde da Câmara dos Deputados, a deputada Leandre deu um depoimento sobre a regionalização da saúde no Estado do Paraná, através dos Consórcios Intermunicipais de Saúde. O mesmo assunto já havia sido tema de uma reunião com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, ao longo da semana.
 
De acordo com a deputada, os consórcios são uma alternativa viável para a regionalização da saúde no Brasil, a exemplo do que vem sendo feito no Paraná desde a década de 90. Porém, os atendimentos de saúde de média complexidade estão pesando nos cofres dos municípios.
 
Isto porque um estudo feito pela Rede Nacional de Consórcios, junto com a Associação de Consórcios do Estado do Paraná, apontou que, na média, os consórcios de saúde paranaense são financiados, 87% pelos municípios, 12% pela União, e 1% pelo Estado. Atualmente, existem 25 consórcios de saúde funcionando no Estado do Paraná.
 
Na reunião desta semana com o ministro Mandetta estas e outras incongruências foram apresentadas. A deputada também expos a dificuldade de indicar emendas parlamentares para os consórcios. Neste sentido, a enorme burocracia atrapalha o direcionamento de recursos.
 

Confira a fala completa neste vídeo: 


Fonte: Assessoria de Imprensa
Link Encurtado:
http://bit.ly/2AgldOR