Deputada Leandre articulou uma reunião entre representantes do município e a organização social Gerar, que será responsável pelos cursos de capacitação

Em breve, a população com 60 anos ou mais de Pato Branco poderá participar de um curso de Empreendedorismo Sênior. O assunto foi debatido durante uma reunião do Grupo Gestor do Cidade Amiga do Idoso de Pato Branco, a deputada federal Leandre Dal Ponte (PV-PR), representantes da Secretaria de Assistência Social do município, e do Gerar, organização social responsável pela curso de capacitação.  
 
A reunião aconteceu no final da última semana, quinta-feira (31), no Largo da Liberdade, em Pato Branco. De acordo com a deputada Leandre, a ação é sequência do programa Cidade Amiga do Idoso no município, e tem como objetivo despertar o empreendedorismo nas pessoas idosas do município, dando uma oportunidade para essa população retornar ao mercado de trabalho.
 
“A gente sabe que, depois dos 60, são enormes as dificuldades de conseguir um emprego, retornar ao mercado de trabalho. Por isso, em parceria com o Gerar, estamos desenvolvendo essa ação para o município de Pato Branco. Será uma oportunidade maravilhosa. Tenho certeza que as pessoas idosas do município vão adorar a ideia e aderir ao projeto, como fizeram com o nosso Cidade Amiga do Idoso”, comentou a deputada Leandre.
 
As turmas em Pato Branco
 
A ideia apresentada pelo Gerar para o município de Pato Branco seria a criação de duas turmas de trabalho. Uma delas, direcionada a pessoas com mais de 60 anos que possuem interesse pelo empreendedorismo. A outra para pessoas idosas que não desejam retornar ao mercado, mas que despertem o interesse trabalho voluntário.
 
“Estamos em fase de articulação para firmarmos essa parceria. Estas duas turmas vão ser um projeto piloto, desenvolvido em Pato Branco”, afirmou secretária municipal de Assistência Social de Pato Branco, Anne Cristine Gomes da Silva.
 
Gerar Sênior
 
Segundo informações da organização social, o programa Gerar Sênior tem o objetivo de promover o envelhecimento saudável e ativo da população, promovendo a geração de trabalho e renda através de uma nova proposta de vida.
 
Durante o curso, são trabalhados os seguintes temas: A vida e a nova fase do Sênior, seu legado, dificuldades e perspectivas. Os processos percorridos até a fase final do plano de vida após o projeto, onde o participante define qual eixo seguirá. As etapas de ingresso, plano de vida e o encaminhamento para os eixos: Empregabilidade, empreendedorismo e participação cidadã ou trabalho voluntário. Os valores essenciais da vida e do trabalho, como eles se complementam e a importância de se levar uma vida ativa e produtiva.
Fonte: Assessoria de Imprensa
Link Encurtado:
http://bit.ly/2CjAY8G