Deputada federal Leandre Dal Ponte é a presidente da comissão externa; objetivo é acompanhar as diretrizes da OMS durante a década do Envelhecimento Saudável

A deputada federal Leandre Dal Ponte presidiu, nesta quinta-feira (29) a reunião de instalação da Comissão Externa do Envelhecimento Saudável da Câmara dos Deputados. Com a participação da ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, parlamentares que compõe a comissão, e especialistas em longevidade, a mais nova comissão da Câmara terá como objetivo principal acompanhar as diretrizes da Organização Mundial da Saúde (OMS) durante a década do Envelhecimento Saudável (2021-2030).

Durante a reunião, a presidente deputada Leandre leu o plano de trabalho da comissão, que tem quatro eixos de atuação: combate ao preconceito etário, ambientes amigáveis ao idoso, alinhamento dos sistemas de saúde e cuidados de longa duração. O plano foi aprovado por unanimidade.

“Faremos um planejamento estruturado em prol do envelhecimento saudável pelos próximos dez anos. Para isso, a nossa comissão vai acompanhar as ações do Brasil para a promoção do tema, tendo como referência o Plano de Ação Internacional das Nações Unidas para o Envelhecimento e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030”, complementou Leandre


A ministra Damares afirmou que criar a comissão é uma iniciativa extraordinária. “Tenho certeza que os parlamentares desta comissão externa vão percorrer o Brasil e trazer boas práticas para serem debatidas no parlamento. A deputada Leandre é uma referência. É parceria do ministério. E a gente sabe o carinho e sua dedicação pela pauta do idoso”, afirmou.


Já o secretário nacional  de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, Antônio Costa, trouxe uma boa notícia. Segundo ele, na próxima semana, será instalado um comitê interministerial para debater a Política Nacional do Cuidado no Brasil. A deputada Leandre é autora do Projeto de Lei 5.791/2019, que cria esta política no País.


O representante do Ministério da Saúde, Raphael Parente, anunciou durante a reunião, uma portaria do Governo Federal que vai disponibilizar R$ 120 milhões para ações de promoção à saúde da população idosa, com ações que vão desde a atenção primária à saúde à visita domiciliares e apoio às instituições de longa permanência de idosos.


E os especialistas, Dr. Alexandre Kalache e Enrique Vega, chefe da Unidade do Curso da Vida Saudável da Organização Pan-Americana da Saúde, fizeram um panorama das políticas públicas em curso, no Brasil e na América Latina, em favor das pessoas idosas.


A próxima reunião da comissão já está marcada para quinta-feira (06), para deliberação dos requerimentos dos deputados que compõem o colegiado.

 

Assista:
 

Fonte: Assessoria de Imprensa
Link Encurtado:
https://bit.ly/3xv0YJL